Inventario de Odonata Imaturo da Ilha de Mosqueiro, Belém, Pará.




XIV Seminário de Iniciação Científica Ciência e Tecnologia no Contexto Amazônico 
Oportunidades para Geração de Conhecimento e Formação de Recursos Humanos

Julia Daniela Braga Pereira
Orientador: Dr. Bento Melo Mascarenhas


Ordem Odonata é uma das ordens de insetos mais antigas encontradas no planeta, habitando-o desde a época do Carbonífero Superior. São amplamente distribuídas na região neotropical, com aproximadamente 640 espécies registradas no Brasil e cerca de 5.300 espécies no mundo. Seus representantes são facilmente identificáveis, pois se distinguem dos demais insetos por possuírem dois pares de asas fortemente inervadas, aparelho bucal mastigador e olhos compostos bem desenvolvidos. Este trabalho teve como objetivos o levantamento e identificação das espécies de odonatas, tendo em vista o grande potencial da ordem como controladores biológicos naturais por serem predadores vorazes e ativos durante toda vida, principalmente no estágio imaturo. 

As coletas foram realizadas na Ilha de Mosqueiro em dois pontos distintos:Praia da Baía do Sol e Praia do Ariramba, que foram escolhidos por serem áreas potencialmente propícias para a obtenção dos espécimes. Os resultados obtidos até o momento registraram a ocorrência de três famílias na ilha: Aeshnidae, Coenagrionidae e Libellulidae. Na família Aeshnidaeoi identificado Anatya sp.,na família Libellulidae  identificou-se os gêneros Erythrodiplax sp., Tramea sp., Tauriphila sp. e Coryphaeschna   sp. e na família Coenagrionidae o gênero Ischnura sp. O trabalho continua em andamento e os dados obtidos até o momento não são conclusivos,entretanto, os espécimes imaturos de Odonata criados em laboratório demonstraram exercer função de controladores biológicos.



Fonte:

LIVRO DE RESUMOS 2006

Imagens:
http://www.google.com.br








Postagens mais visitadas deste blog

Flores da Amazônia