Postagens

Mostrando postagens de Maio 29, 2011

Justiça reintegra área ambiental em Mosqueiro

Imagem
Proteção: O terreno possui quatro igarapés e cinco mananciais, que estavam ameaçados

http://www.amazoniabrasil.com


A Vara Agrária de Castanhal, do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJE-PA), determinou a desocupação de uma área de preservação ambiental, na manhã de ontem, no distrito de Mosqueiro, em Belém. Pelo menos 10 casas pertenciam a servidores da Guarda Municipal de Belém (GMB). Apenas cinco dos 10 imóveis eram ocupados regularmente. A maioria era casa de veraneio. O terreno, de 158,34 hectares, às margens da rodovia PA-391, possui quatro igarapés e cinco mananciais que estavam sendo degradados e poluídos desde 2003. Ficou determinado, também, que qualquer atividade, construção ou venda na área é passível de multa de R$ 5 mil.
Um dos guardas municipais que possuía um imóvel na área se identificou apenas como Dimittre. Ele apresentou documentos à oficial de justiça Glaucyllene Parizotto, que não foram considerados válidos e teve de desocupar o local. O servidor disse que não …

Mais de 1/4 das espécies nativas da Europa está ameaçada

Imagem
Chalcites basalis
http://scienceblogs.com.br


DA ASSOCIATED PRESS
http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/
Mais de um quarto do total de espécies nativas do continente europeu está ameaçado de extinção, segundo um alerta emitido recentemente pela EU (União Européia).
O grupo inclui mamíferos, anfíbios, répteis, animais, pássaros, borboletas e plantas.
A crise é principalmente provocada por perda de habitat, poluição, introdução de espécies de fora que ameaçam as nativas, mudança climática e pesca ilegal.
O problema também refletirá na população humana, como decorrência da devastação econômica e social, alerta o comissário de Ambiente da UE, Janez Potocnik.
As soluções apresentadas pela EU para o problema, entretanto, carecem de verbas, criticam organizações ambientalistas.
Entre as propostas da EU, estão a redução da perda de animais até 2020, que seria feita a partir de planos de gerenciamento em todas as florestas, de forma que pelo menos 15% dos ecossistemas destruídos possam se …

Cientistas alertam para riscos do novo Código Florestal

Imagem
Ilha de Mosqueiro (Belém do Pará): Área de extração de material mineral, após retirada da cobertura vegetal

http://www.jb.com.br
meioambienteurgente.blogger.com.br/

Quatro dos cientistas brasileiros que fazem parte do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), da Organização das Nações Unidas (ONU), alertaram para o possível agravamento sobre o clima com a entrada em vigência da atual versão do Código Florestal aprovada pela Câmara.
Segundo eles, o aumento da pressão sobre as áreas de florestas comprometerá os compromissos internacionais firmados em 2009 pelo Brasil na Conferência de Copenhague, de diminuir em até 38,9% a emissão de gases de efeito estufa (GEE) e reduzir em 80% o desmatamento na Amazônia até 2020.
Os cientistas, que são ligados à Coordenação de Programas de Pós-Gradução de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe-UFRJ), falaram sobre o assunto durante um seminário que abordou as conclusões de um relatório do IPCC…