Mais de 1/4 das espécies nativas da Europa está ameaçada

Chalcites basalis
http://scienceblogs.com.br


DA ASSOCIATED PRESS
http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/
Mais de um quarto do total de espécies nativas do continente europeu está ameaçado de extinção, segundo um alerta emitido recentemente pela EU (União Européia).
O grupo inclui mamíferos, anfíbios, répteis, animais, pássaros, borboletas e plantas.
A crise é principalmente provocada por perda de habitat, poluição, introdução de espécies de fora que ameaçam as nativas, mudança climática e pesca ilegal.
O problema também refletirá na população humana, como decorrência da devastação econômica e social, alerta o comissário de Ambiente da UE, Janez Potocnik.
As soluções apresentadas pela EU para o problema, entretanto, carecem de verbas, criticam organizações ambientalistas.
Entre as propostas da EU, estão a redução da perda de animais até 2020, que seria feita a partir de planos de gerenciamento em todas as florestas, de forma que pelo menos 15% dos ecossistemas destruídos possam se recuperar.
Segundo Ana Nieto, da organização IUCN (sigla de União Internacional para a Conservação da Natureza), a perda da biodiversidade é maior na Europa do que em outras partes do mundo porque o nível de desenvolvimento residencial e industrial é maior.
Com uma média aproximada de 70 pessoas por quilômetro quadrado, a Europa é o continente com maior densidade populacional, ficando atrás apenas da Ásia.

Postagens mais visitadas deste blog

Flores da Amazônia