Operação combate carvoarias ilegais e desmatamento em Mosqueiro, no PA

Crimes ambientais estariam ocorrendo em Área de Preservação Permanente
Ação reúne MPE e órgãos de fiscalização nesta quarta-feira, 29.

Uma operação flagrou atividades de desmatamento e carvoarias ilegais  na comunidade de Caruaru, ilha do Mosqueiro, distrito de Belém, na manhã desta quarta-feira (29). A ação foi realizada de forma integrada por agentes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Ministério Público do Estado (MPE), Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Delegacia de Meio Ambiente (Dema), Polícia Militar e Guarda Municipal. Com a chegada das equipes no local, os trabalhadores abandonaram as instalações e ninguém foi preso

Foram apreendidas seis motosserras, carvão ensacado e pronto para comercialização, além de toras de madeira já serradas das espécies sucupira e quaruba. A equipe que participou da ação também destruiu dois fornos do tipo “japonês”, utilizados na fabricação de carvão, cada um com capacidade de produção mensal de 22 m³. Um dos equipamentos estava em pleno uso no momento em que os fiscais chegaram ao local.
Segundo o MPE, o local atingido pertence a uma Área de Preservação Permanente (APP), com cerca de 11 mil hectares de extensão, que estaria sendo alvo de vários crimes ambientais, como a derrubada de floresta e queimadas.
A promotoria afirma que recebeu diversas denúncias de desmatamento em uma comunidade na ilha do Caruaru com o objetivo de abrir vias de acesso a uma fazenda. No entorno da fazenda haveria a produção de carvão vegetal, com extração de madeira sem licenciamento ambiental. Ainda de acordo com a promotoria, exploradores da área estariam negociando lotes sem acompanhamento do Instituto de Terras do Pará (Iterpa).
O produto apreendido será encaminhado para doação a entidades cadastradas pelo juizado de Belém.
 ...............
Acesse:
http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2015/04/operacao-combate-carvoarias-ilegais-e-desmatamento-em-mosqueiro-no-pa.html




Postagens mais visitadas deste blog

Flores da Amazônia