Projeto vai aplicar tecnologia em soluções sustentáveis para problemas na Amazônia



Comunidades da Amazônia trabalharão em conjunto com pesquisadores britânicos e brasileiros para criar tecnologias sustentáveis para problemas locais.
......................................................
A Schneider Electric está apoiando a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e o British Council no programa Institutional Links. O projeto, financiado pelo Fundo Newton, programa que fomenta a colaboração científica e tecnológica entre o Brasil e o Reino Unido, busca estabelecer conexões entre as comunidades ribeirinhas do Amazonas e pesquisadores brasileiros e britânicos para que, juntos e com o apoio do setor privado e do terceiro setor, possam criar soluções sustentáveis para enfrentar os desafios locais, unindo sustentabilidade, cultura, inovação e ciência.
A Schneider Electric foi convidada para participar da iniciativa pela Fundação Amazonas Sustentável, com a qual mantém parceria desde 2012, quando teve início o projeto VillaSmart, que levou 24 horas de energia limpa e confiável às comunidades amazônicas de Tumbira e Santa Helena do Inglês. “Acesso à energia é um tema importante para a Schneider Electric e o Institutional Links irá nos ajudar a entender melhor as demandas das comunidades que ainda hoje vivem fora da rede elétrica”, explica Fernando Figueiredo, gerente de sustentabilidade da Schneider.
O Fundo Newton é parte do compromisso assumido pelo Reino Unido para promover iniciativas que fortaleçam o desenvolvimento social e econômico de países emergentes e que ajudem a estabelecer parcerias duradouras com governo e instituições brasileiras. “Nosso objetivo é responder às demandas estratégicas nas quais a ciência e o conhecimento podem contribuir para a construção de sociedades mais inclusivas e sustentáveis”, afirma Diana Daste, gerente sênior do Fundo Newton – British Council Brazil.
O coordenador do Programa de Soluções Inovadoras da FAS, Victor Salviati, explica que o programa não apenas gerará conhecimento técnico sobre a realidade da Amazônia, mas também permitirá a cooperação entre centros britânicos e brasileiros para replicação e adaptação das soluções em outros contextos. “Além de apoiar na identificação das demandas comunitárias, a FAS irá disponibilizar também apoio financeiro e técnico aos pesquisadores contemplados”, conclui Victor.
A chamada pública foi lançada no dia 18 de abril e seu público-alvo são pesquisadores, professores e estudantes de graduação e pós-graduação baseados em instituições no Amazonas ou na Grã-Bretanha e que tenham interesse nas categorias que fazem parte do programa. O prazo de inscrição é até dia 27 de junho e, no total, serão contemplados dois projetos de pesquisa. Para pesquisadores brasileiros e ingleses interessados, o projeto disponibiliza bolsas de estudos, com vagas limitadas.  O edital está disponível em https://www.britishcouncil.org.br/atividades/educacao/newton-fund.

 

//////////////////////////////////////
Fonte:
http://ipnews.com.br/projeto-visa-criar-solucoes-para-o-desenvolvimento-sustentavel-no-brasil/

Postagens mais visitadas deste blog

Flores da Amazônia