DICAS: FILMES SOBRE MEIO AMBIENTE



A Enseada [The Cove]
Dirigido por Louie Psihoyos e Fisher Stevens. 2009


Premiado em vários festivais de cinema pelo mundo e vencedor do Oscar 2010 como Melhor Documentário, o filme denuncia a matança de golfinhos na costa do Japão com imagens e dados que chocam. A maior parte é filmada na cidade de Taiji, onde a equipe enfrenta todos os tipos de perseguições e proibições para fazer imagens e coletar informações sobre o assunto. A estimativa é que 23 mil animais são mortos por ano no país. As autoridades japonesas sugerem que os golfinhos (que comem peixes) são responsáveis pelo declínio da pesca mundial e, portanto, a caça “é controle de pragas”.

A Qualquer Preço
 (EUA, 1998)
Diretor: Steven Zaillian.


Um advogado que, junto com seus sócios, não procura vencer causas mas sim entrar em lucrativos acordos financeiros. Mas tudo muda quando ele concorda em representar oito famílias cujas crianças morreram em virtude de duas empresas terem despejado produtos tóxicos na água que abastece Woburn, Massachusetts.

 Lixo Extraordinário
Dirigido por João Jardim, Lucy Walker e Karen Harley


O trabalho de Vik Muniz, artista plástico brasileiro que vive nos EUA, chegou a Jardim Gramacho, um dos maiores aterros de lixo do mundo, localizado no Rio de Janeiro. A ideia era conhecer a realidade em que viviam os catadores do lugar e mostrar como o elemento básico com o qual trabalham todos os dias – o lixo – pode se transformar em arte. O interessante do projeto é que a renda acumulada com a venda de obras produzidas no local foi revertida para a própria comunidade de catadores, o que mudou a vida de muita gente. O filme expõe os impactos sociais e ambientais dos desperdícios gerados diariamente em toda a sociedade. Foi indicado ao Oscar de Melhor Documentário em 2010.

A Era da Estupidez [The Age of Stupid]
Dirigido por Franny Armstrong. 2009


O filme se passa em 2055 e conta uma história que mistura elementos de ficção, animações ilustrativas e realidade. Em um grande arquivo isolado no Ártico está guardado todo o conhecimento produzido pela humanidade. O arquivista que conduz a narrativa do filme, interpretado por Pete Postlethwaite, questiona nossa capacidade de ação. Nos dias de hoje, a trama mostra histórias paralelas – e reais – sobre a indústria de combustíveis fósseis, desperdício, pobreza, crianças que convivem com as guerras no Oriente Médio e derretimento de geleiras.

O Abrigo
Gênero: Documentário (2011 Brasil)
Diretor: Flavia Trindade
Produção: Sete Vidas Filmes / Ghetto Filmes



Uma tempestade na Região Serrana do Rio de Janeiro causou em 2011 a maior catástrofe natural do Brasil. Em meio a esse cenário de caos e destruição, um grupo de pessoas uniu forças para salvar animais vítimas dessa tragédia.

Chernobyl Forever
Gênero: Documentário (2011 França)
Diretor: Alain de Halleux
Produção: Serge Guez

25 anos após Chernobyl, esquecemos os perigos da energia nuclear. No entanto, as consequências desta catástrofe ainda não estão sob controle. Os últimos acontecimentos no Japão mostram-nos que nós não aprendemos com esse desastre. O átomo tem uma longa vida, e o homem tem memória curta. Este novo documentário sobre Chernobyl existe para nos lembrar.
 
Pandemonium
Gênero: Documentário (2010-Brasil)
Diretor: Jorge Bodanzky


O filme coleta comentários do físico Rogério Cézar de Cerqueira Leite e do meteorologista Carlos Nobre sobre o impacto das mudanças climáticas e os desafios na área energética. Imagens sobrepostas da cidade de São Paulo questionam o progresso e seus custos. Bodanzky é conhecido pelo seu trabalho focado em questões do ambiente.

Severn
Gênero: Documentário (2010 França)
Diretor: Jean-Paul Jaud
Produção: J+B SEQUENCES 



Durante a Eco 92, no Rio de Janeiro, a menina Severn, então com 12 anos, levantou-se e questionou os responsáveis por nosso planeta pelo estado das coisas. O impacto de suas palavras foi enorme, no entanto, hoje, 18 anos depois, o planeta Terra continua sofrendo de abandono. Severn, já adulta, espera seu primeiro filho. Mais uma vez, ela toma a palavra e explica que, embora a situação seja urgente, ainda há tempo para mudanças. Do Canadá ao Japão, passando pela França, muitos outros ecoam suas palavras e demonstram estar tomando medidas concretas a respeito da biodiversidade.

O Sonho de Rose (Brasil/2000).
Diretora: Tetê Moraes


 Documentário que traz um relato emocionante do reencontro, dez anos depois, da diretora com os personagens de seu premiado filme Terra para Rose. Segue a trajetória de agricultores sem terra que, em 1985, fizerem a primeira ocupação de um latifúndio improdutivo, a Fazenda Annoni, no Rio Grande do Sul, berço do M.S.T. (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra). E o que terá acontecido com o sonho de Rose?

Uma Mudança no Mar (EUA / 2009)
Diretor: Barbara Ettinger
O filme aborda o tema urgente da acidificação dos oceanos e suas conseqüências para a vida no planeta.

Wall-E (EUA / 2008)
Diretor: Andrew Stanton

 
Após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que o retiro durasse alguns poucos anos, com robôs sendo deixados para limpar o planeta. Wall-E é o último destes robôs, que se mantém em funcionamento graças ao auto-conserto de suas peças. Sua vida consiste em compactar o lixo existente no planeta, que forma torres maiores que arranha-céus, e colecionar objetos curiosos que encontra ao realizar seu trabalho. Até que um dia surge repentinamente uma nave, que traz um novo e moderno robô: Eva. A princípio curioso, Wall-E logo se apaixona pela recém-chegada.

Saneamento Básico, o Filme (Brasil, 2007)
Diretor: Jorge Furtado.
Os moradores da fictícia Linha Cristal, uma pequena vila de descendentes de colonos italianos localizada na Serra Gaúcha, reúnem-se para tomar providências a respeito da construção de uma fossa para o tratamento do esgoto. A secretária do prefeito reconhece a necessidade da obra, mas informa que não há verba para realizá-la. Entretanto, a prefeitura dispõe de quase R$10.000 para a produção de um filme. Surge então a idéia de usar a quantia para realizar a obra e rodar um filme sobre a própria obra.

Vamos Fazer Dinheiro (Alemanha, 2008)
Diretor: Erwin Wagenhofer. (We Feed The World)

Apesar de todo o velho discurso feito pelos neoliberais de que a globalização traria benefícios para todos os países ajudando a diminuir a pobreza no 3° Mundo, o que viu-se de fato foi em geral aumento desenfreado da miséria, onde o salário de um indivíduo geralmente mal cobre uma pobre subsistência.

Super Size Me - A Dieta do Palhaço (EUA / 2004)
 Direção: Morgan Spurlock

 
O diretor Morgan Spurlock decide ser a cobaia de uma experiência: se alimentar apenas em restaurantes da rede McDonald's, realizando neles três refeições ao dia durante um mês. Durante a realização da experiência o diretor fala sobre a cultura do fast food nos Estados Unidos, além de mostrar em si mesmo os efeitos físicos e mentais que os alimentos deste tipo de restaurante provocam.

Tainá uma aventura na Amazônia (Brasil /2000).
 Diretor: Tânia Lamarca e Sérgio Bloch
A obra mostra a história de Tainá, uma menina de oito anos, que vive com seu avô Tigê, na Floresta Amazônica. Ao longo de aventuras cheias de peripécias, conhece o macaco Catu e com a ajuda de Joninho (10 anos), que aprende a superar os limites de menino da cidade, enfrentam contrabandistas que vendem animais para pesquisas genéticas no exterior. Tainá e Joninho aprendem a lidar com os valores de dois mundos: o da cidade e o da floresta.

A Marcha dos Pingüins (França / EUA / 2005)
A cada inverno na Antártica, o local mais inabitável da Terra, milhares de pinguins imperadores abandonam a segurança do oceano e sobem para a terra congelada, na intenção de iniciar uma longa jornada rumo o interior. Em fila indiana, os pinguins marcham para o terreno de reprodução tradicional da espécie.

Fonte:
www.greennation.com.br/

Postagens mais visitadas deste blog

Flores da Amazônia